A empresa

14 anos de paixão por animais e biotecnologia

A BIO – Bio Tecnologia Animal foi fundada em 2000 como resultado do grande desenvolvimento das pesquisas em biotecnologia e sua aplicabilidade no campo da medicina veterinária. A empresa, idealizada por cinco veterinários especializados em reprodução animal e biologia celular, consolidou sua posição no mercado de biotecnologia animal com a política do equilíbrio entre: produtividade e saúde animal. A interatividade constante com os clientes e o compromisso em sempre melhorar os resultados para garantir o êxito, fortaleceu os laços entre a BIO – Biotecnologia Animal e os seu clientes.

 

Linha do tempo da BIO CELL

Atualmente, a BIO – Biotecnologia Animal oferece uma grande variedade de soluções biotecnológicas, para cumprir diferentes programas de desenvolvimento animal da medicina genética e veterinária, tais como: transferência de embriões (TE), fertilização in vitro (FIV), criopreservação de embriões, andrologia, ultrassom de análise reprodutiva e terapia com células-tronco.

 

Em 2004, a BIO – Biotecnologia Animal iniciou o seu modelo comercial consistente de isolamento de células-tronco e cultivo in vitro, usando tecido adiposo e de medula óssea com células-tronco mesenquimais. Desde então, a empresa mantém o controle de uma nova técnica baseada na reparação de tecidos lesados visando regeneração e recuperação de suas originais funções fisiológicas. Nasceu a BIO CELL.

 

Desde 2004, a BIO CELL tratou mais de 500 cavalos. Os resultados da recuperação de lesões tendíneas são sempre surpreendentes e muito eficazes para os animais. Em 2009, a empresa iniciou a pesquisa para o tratamento de lesões em pequenos animais. Os avanços na área aumentaram em todo o mundo e o número de lesões que podem ser tratadas com as células-tronco cresceu.

 

Em junho de 2010, a BIO CELL participou de consultoria para a formação do primeiro Banco de Germoplasma de Animais Silvestres na América Latina. Foram realizados o isolamento, cultivo in vitro e criopreservação de animais selvagens do plantel da Fundação Jardim Zoológico de Brasília. Esse projeto proporcionou a criação de um banco de germoplasma de animais selvagens e alguns em vias de extinção, como: leões (Panthera leo), tigres (Panthera tigris), jaguatiricas (Leopardus pardalis), tamanduás (Myrmecophaga tridactyla), lobo-guará (Crysocyon brachyurus) e muitos outros.

 

Em 2013 a BIO CELL expandiu suas fronteiras nos Estados Unidos, e em conjunto com o Centro Internacional de Biotecnologia/ MOFA GLOBAL, abriu a VITAE CELL. O objetivo dessa empresa é, alem de concorrer com o mercado norte americano de terapia celular, proporcionar o desenvolvimento da biotecnologia com as células-tronco. Toda a aferição do controle de qualidade exercido pela BIO CELL é assegurado por essa parceria.

 

Atualmente, a BIO CELL participa de vários projetos utilizando células-tronco mesenquimais. Por sua característica indiferenciada e multipotente, as células-tronco são estratégicas. São aplicadas, inclusive na produção de clones ou mesmo em programas de preservação animal. Entretanto, a principal aplicabilidade da terapia com células-tronco BIO CELL é proporcionar melhoria da qualidade de vida aos animais.

Missão e Valores

Nossa razão de exisitir é muito clara: deixar os animais de nossos clientes com a melhor saúde possível. Para executar essa missão, alguns valores guiam nossas ações no quotidiano da empresa. Nosso time qualificadíssimo consegue os melhores resultados no mercado seguindo práticas de excelência e respeito aos animais.  Estamos sempre atentos as evolução das necessidades dos clientes e parceiros – por isso fique a vontade para entrar em contato com a gente.

Missão

Contribuir para a disseminação da biotecnologia relacionada aos diagnósticos moleculares e terapia celular. Desenvolver e implementar soluções de conformidade com o animal e melhores resultados para nossos clientes.

Valores

Formação técnica como fator de competência
Ética, honestidade e integridade
Compromisso com a qualidade
Valor e respeito aos clientes, parceiros e colaboradores
Respeito aos animais
Responsabilidade Social e compromisso com o meio ambiente

Equipe

Gestora Executiva da BIO CELLPatrícia F. Malard, Gestora Executiva – BIO Cell

Patrícia F. Malard é Médica veterinária formada pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestre em Reprodução Animal pela UFMG (2000) quando apresentou o pioneiro trabalho de FIV utilizando ovócitos de bezerras de 02 meses de idade. Este resultou no nascimento do primeiro bezerro a partir de ovócito de bezerra. Durante a sua graduação participou e publicou diversos trabalhos na área de morfologia e reconhecimento materno da gestação.

Atualmente, Patrícia Malard acumula as funções de: Gestora Administrativa da BIO Biotecnologia Animal e Gestora Executiva da BIO Cell, coordenando todas as ações estratégicas e novos desafios para a Terapia Celular com uso de Células Tronco.

 

Luis Mauro Queiroz, Diretor de Embriologia e Tecnologia em Células-Tronco da MOFA – GlobalLuis Mauro V. Queiroz, Consultor de Pesquisa e Desenvolvimento

Luis Mauro V. Queiroz é médico veterinário, formado pela Universidade Federal de Uberlândia, mestre em Reprodução Animal pela Universidade de São Paulo (USP – 1999) e EMBRAPA – Recursos Genéticos e Biotecnologia, quando desenvolveu o pioneiro projeto de clonagem de embriões bovinos do Brasil. Apresentou os primeiros trabalhos de clonagem de animais da América Latina. Iniciou em 1994 seu trabalho em Fecundação In Vitro no Laboratório de Reprodução Animal da EMBRAPA – Recursos Genéticos e Biotecnologia.

Atualmente radicado nos Estados Unidos, Luis Mauro Queiroz é Diretor de Embriologia e Tecnologia em Células Tronco da MOFA – Global, empresa Norte-America sediada em Verona, WI – EUA. Neste laboratório, Luis Mauro Queiroz coordena as atividades comerciais e de pesquisa e desenvolvimento tecnológico de:

• Produção de Clones Transgênicos nas espécies suína e bovina

• Fertilização In Vitro em suínos e bovinos

• Terapia Celular com uso de Células-Tronco

• Caracterização molecular de Células-Tronco.

 

Mauricio Peixer, Gestor Executivo – BIO Biotecnologia AnimalMaurício Peixer, Gestor Executivo – BIO Biotecnologia Animal

Maurício Peixer é Médico Veterinário formado pela Universidade Estadual de Lages, mestre em Patologia Molecular pela Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília (UnB – 2001), especialista em Reprodução Animal pela União Nacional das Cooperativas de Criadores e Inseminação Artificial da França (UNCEIA – 1994), onde implementou e estabeleceu a técnica de punção folicular e fecundação in vitro , produzindo os primeiros bezerros franceses pela técnica.

No Brasil, em 1993, participou do projeto que resultou no nascimento do primeiro bovino Bos indicus produzido in vitro no mundo. Já em 1995, estabeleceu a técnica de punção folicular em bovinos, o que viabilizou a FIV comercial no Brasil. No início da década de 90, participou da implementação do projeto de produção in vitro de embriões bovinos, para o Laboratório de Reprodução Animal da EMBRAPA – Recursos Genéticos e Biotecnologia.

Com perfil técnico polivalente, Mauricio Peixer coordena as atividades de produção in vitro de embriões da BIO Biotecnologia Animal, contando com um especializado time de Médico Veterinários para as ações de Campo e de Laboratório.